21.7.08

Marco Luque

Um gênero de comédia que é parecido, mas não igual, ao stand up comedy, é o humor de personagem.
Não é uma técnica exatamente nova, principalmente no humor brasileiro, mas com novas performances aparecendo todo mês, ela ganhou fôlego com nomes que também fazem a comédia em pé.

O primeiro que fez bastante sucesso foi o Diogo Portugal, que saiu de Curitiba, foipro Jô, depois pro Faustão, e agora deve tá cobrando uma grana afu pra fazer shows.
Um monte de gente fez um caminho parecido (exceto a parte de Curitiba.) Um dos mais interessantes é o Marco Luque, um paulista que agora faz parte do Terça Insana e do CQC, programa que conta com o Rafinha Bastos e Marcelo Tas.

As performances dele servem pra ver que, além de um texto muito bom - a base da stand up - os humoristas de personagem precisam de muita habilidade na interpretação dos papéis.
Não que uma seja mais difícil que a outra, já que os stand ups também têm muito o que interpretar (timing, construção de situações, linguagem não-verbal, etc).
Mas qualquer cara que sobe fantasiado no palco já tem uns pontos de crédito.

2 comentários:

Diego disse...

Como diria o Felipe: persona.

:)

Embreaguez ! disse...

Esse cara é foda ! haha.